segunda-feira, julho 17

Verão
Proteja os olhos da radiação ultravioleta

http://coolshade.tamu.edu

Este Verão, crianças e adultos devem proteger os olhos dos efeitos nocivos dos raios ultravioleta. A utilização de óculos de sol adequados é uma das medidas aconselhadas pelos especialistas.

Os portugueses devem proteger os olhos da radiação ultravioleta (UV). O conselho é da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO), que recomenda a utilização de óculos com filtros UV. Não basta ter óculos escuros, "é indispensável a utlilização de lentes de protecção solar que garantam cem por cento de protecção anti UV e protejam a pele à volta dos olhos, pois são zonas muitas vezes afectadas por tumores".

Ao contrário da pele humana, que se adapta parcialmente à radiação UV, o olho humano não possui mecanismos de adaptação. Quase todas as camadas de tecido ocular podem ser afectadas por esta radiação. Segundo a SPO, os UV conduzem "à destruição parcial ou total dos foto receptores da retina, provocam queimaduras oculares na pálpebra e aumentam o risco de desenvolver cataratas".

"O uso frequente de óculos de sol está associado a um descrécimo de quarenta por cento do risco de desenvolver cataratas, e é uma forma fácil e importante de prevenir outras doenças oculares". Quem já usa óculos normalmente devido a problemas de visão, é aconselhado a usar lentes de cor variável, pois bloqueiam toda a radiação UV. Como complemento, deve usar-se um chapéu de abas largas ou um boné de pala.

Os raios UV são invisíveis a olho nú. Fazem parte da radiação emitida pelo Sol, mas com o enfraquecimento da camada de ozono, a quantidade de radiação que atinge a superfície da terra é maior. Os UV também podem ser provenientes de lâmpadas de bronzeamento, instrumentos de soldadura e lasers.

As recomendações da SPO são particularmente importantes para quem realiza actividades ao ar livre. Em algumas situações, como na neve a na praia, o índice UV (ver caixa) é ainda maior, porque a neve reflecte oitenta por cento dos UV e a areia até vinte e cinco por cento. E os cuidados devem manter-se mesmo em dias nublados, pois apesar de absorverem a luz visível, as nuvens deixam passar parte da radiação.

Luís Galrão
Gazeta do Cenjor - Suplemento

(caixa)
Índice UV
O índice UV foi desenvolvido pela Organização Mundial e Saúde e mede o nível de radiação ultravioleta na superfície da terra. A escala ascendente começa em zero e quanto maior for o valor, maior é o potencial de risco para a pele e para os olhos.

Até um índice de 2, o risco é baixo, e de 3 a 5 é moderado. Entre 6 e 7 é considerado alto e de 8 a 10, muito alto. Acima de 11 é considerado extremo. O índice pode ser consultado diariamente na página do Instituto de Meteorologia, em http://web.meteo.pt/.

Sem comentários:

Related Posts Plugin...