segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Gadget upgrade: Redmi Note 6 Pro

A experiência com o Redmi 4X estava a ser muito positiva, mas uma promoção pré-natalícia levou-me a fazer um upgrade para o Redmi Note 6 Pro, também da Xiaomi, outro modelo desta marca chinesa que nesta altura é a melhor aposta na gama inferior a 200 euros, a par do Mi A2, este com Android One.


Custou-me perto de 160 euros, mas é natural que baixe para os 140 ou mesmo 130 nos próximos meses, sobretudo quando saírem o Redmi Note 7 e o Note 7 Pro, o que não deverá demorar a avaliar pelo ritmo de lançamento de novos modelos a que a Xiaomi já nos habituou.

O Redmi Note 6 Pro é um smartphone com Android 8.1 (que receberá actualização para o Android 9 e a MIUI da marca na versão 9.0 (que também será actualizada para a 10), neste caso com 64GB de armazenamento e 4GB de memória RAM (também disponível na versão 3/32). O processador é um Snapdragon 636, com melhorias evidentes face ao 435 do Redmi 4X.

As câmaras estão também a outro nível (ver exemplos no Instagram), com duas à frente (20MP+2MP) e duas atrás (12MP+5MP, com aberturas de f/1,9 e f/2,0, respectivamente), o que permite o efeito de fundo desfocado (bokeh). Outro ponto forte é a bateria de 4000 mAh, a mesma capacidade presente no Redmi 4X, que aqui não tem a mesma duração de dois dias, mas é seguramente suficiente para dia e meio.

(este texto contém links de afiliado da Gearbest)

[Post actualizado com links para o Redmi Note 7 (o Note 7 Pro ainda não tem versão global)]

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Grande entrevista a Ana Gomes no Expansão

Em Portugal e no Parlamento Europeu é uma voz activa contra a corrupção, tema que a trouxe a Angola. Em entrevista ao Expansão, Ana Gomes deixa claro que a UE pode ajudar o País a recuperar activos desviados nos últimos anos. [PDF]

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Novo desafio: jornal Expansão (Angola)

Primeira prosa no novo desafio profissional no jornal económico Expansão, editado em Luanda, Angola: Quantum já "ganhou" 560 milhões USD com o Fundo Soberano. Disponível na versão online (parcial) e em PDF.

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Documentário «Verdade ou Consequência»

A propósito da minha participação no documentário "Verdade ou Consequência": fact checker devido a este hobby:


Mais na RTP: "O que é afinal a "Pós-Verdade"?

Eleita palavra do ano em 2016, a "Pós-Verdade" alimenta-se de notícias falsas, da exacerbação de medos, da falta de tempo para verificar factos, da indiferença social e da ausência de literacia da informação, propagando-se sem controlo com a Internet e as redes sociais. Na sociedade do hiperconsumo, o poder dos algoritmos é cada vez maior. As novas tecnologias são opacas e facilitam a manipulação. Como lidar com esta cascata de informação sem filtro, que nos cai em cima constantemente? Precisamos mesmo de novidades ao minuto, precisamos mesmo de estar sempre ligados e conectados? Como não enlouquecer neste caos informativo e digital?

Todos os anos, os Oxford Dictionaries elegem uma palavra como sendo aquela que dominou as conversas em todo o mundo. Em 2016, a palavra escolhida foi "Pós-Verdade", pelo facto do seu uso ter crescido 2.000 por cento no ano do Brexit e da eleição de Donald Trump." [ver na RTP Play]

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Gadget: Redmi 4X – um Android acessível e competente

Não troco de telemóvel com frequência nem sou apologista de estourar 1000 euros num topo de gama acabadinho de sair. E a maioria dos telefones móveis que já tive eram de segunda mão, oferecidos por algum familiar ou amigo. O primeiro que comprei, há dez anos, foi o Sony Ericsson K800i, que durou bastante tempo (e ainda funciona) e só foi substituído por um BlackBerry Bold Touch 9900 de serviço.

Recentemente decidi comprar o meu primeiro smartphone Android e optei por uma marca que tem surpreendido nos últimos anos – a Xiaomi. Procurava uma boa relação qualidade-preço e o Redmi 4X encaixou-se perfeitamente no que pretendia: preço acessível, boa performance e boa autonomia e, sobretudo, um aparelho com apenas 5 polegadas, algo cada vez mais difícil de encontrar.

Gearbest Xiaomi Redmi 4X Global
Xiaomi Redmi 4X Global - 3GB/32GB


Tive de esperar algum tempo até ter a versão global disponível, dado que consegue operar na banda 20 (800 MHz), uma das frequências do 4G (LTE) em Portugal. Quis também esperar pelo modelo com 3GB de RAM e 32 GB de memória interna, apesar de ser um pouco mais caro do que a versão internacional de entrada com 2GB/16GB.

As restantes especificações incluem um processador Snapdragon 435 com oito núcleos, uma bateria de 4100 mAh que dura praticamente dois dias (depende da utilização) e uma câmara fotográfica traseira com 13MP e uma qualidade mais do que suficiente para o dia a dia. Também tem uma câmara frontal de 5MP perfeita para chamadas de vídeo e eventuais selfies (vício do qual não padeço) e a interface da marca, a MIUI.

A compra foi feita na Gearbest e ficou abaixo dos 125 euros, já com portes e seguro. A entrega demorou cerca de 3 semanas porque veio da China, mas o modelo também deverá chegar ao armazém espanhol e a outras lojas como a Amazon.es. Também está à venda em várias lojas nacionais, mas aí o preço sobe entre 40 a 50 euros.

[Actualização/Nov 2017] O meu Instagram tem uma amostra do que a câmara do Redmi 4X é capaz de fazer. Se comprasse agora talvez optasse por estes Mi A1 4GB/32GB ou Mi A1 4GB/64GB com Android One, embora a Xiaomi tenha outros modelos igualmente interessantes e com características superiores.




(este texto contém links de afiliado da Gearbest)

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

'Agenda cultural de Sintra forja entrevista ao presidente da câmara Basílio Horta'

Em destaque no Tudo sobre Sintra: "A última edição da revista digital Sintra em Agenda publica uma entrevista forjada ao presidente da câmara, Basílio Horta, que é o director da publicação, a propósito do 20.º aniversário da classificação da Paisagem Cultural de Sintra como Património Mundial da UNESCO.

O Tudo sobre Sintra constatou que todas as 5 questões alegadamente colocadas ao autarca foram integralmente “respondidas” através da reutilização de textos já publicados pela autarquia ou mesmo de artigos de opinião publicados nos últimos anos pelo presidente da Alagamares – Associação Cultural, Fernando Morais Gomes, que também é jurista na edilidade desde 1989." [artigo integral]

sábado, 22 de novembro de 2014

'Novos Media' em consulta pública até dia 12

Está em discussão pública até dia 12 de Dezembro o estudo "Novos Media - Sobre a redefinição da noção de órgão de comunicação social" [ver PDF], da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). Saiba mais aqui.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Participação na VI Conferência Anual da ERC

Vídeos do painel "As notícias nas encruzilhadas do digital":

Mark Little CEO e Fundador da Storyful (intervenção vídeo)


Pedro Santos Guerreiro Diretor do Expresso Diário


David Dinis Diretor do Observador e Luís Galrão Diretor do Tudo Sobre Sintra:


Debate com os convidados e o público:


Mais vídeos aqui. [ver Síntese da 6ª conferência anual da ERC]

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Tudo sobre Sintra na VI Conferência da ERC

O Tudo sobre Sintra foi convidado a participar num dos painéis da Conferência Anual da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), cuja VI edição terá lugar na quinta-feira, no ISCTE. Além do coordenador do projecto, o painel que terá como tema “as notícias nas encruzilhadas do digital”, contará com a presença dos directores do Observador e do Expresso Diário, de representantes da ERC, e de dois contributos em vídeo de jornalistas internacionais. [ver programa]

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Notícias sobre #Kobane (Ain al-Arab)

Exercício de curadoria de informação via Twitter (maioritariamente em tempo real - até dia 31 de Outubro) sobre o cerco à cidade síria-curda de Ain al-Arab (Kobane, segundo os curdos), situada na fronteira com a Turquia:



[link alternativo]

quinta-feira, 3 de julho de 2014

'Tudo sobre Sintra consultado pela ERC e citado no jornal PÚBLICO'

O autor do Tudo sobre Sintra participou hoje numa reunião na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), no âmbito de um estudo que está a ser desenvolvido sobre o enquadramento dos novos media. A iniciativa destina-se a identificar eventuais lacunas de regulação, nomeadamente junto de produtores de conteúdos editoriais na Internet, que não os tradicionais meios de comunicação social.

O convite surgiu porque o Tudo sobre Sintra foi referenciado à ERC “como um exemplo de sucesso de um blog que, não se assumindo como órgão de comunicação social (pelo menos no sentido convencional do termo), vem prestando um serviço informativo de relevo na área de Sintra.”

Também hoje, o jornalista José António Cerejo, do PÚBLICO, cita o trabalho do “blogue noticioso” Tudo sobre Sintra, num artigo sobre o projecto do Centro Comercial Jumbo de Sintra. A nova versão do empreendimento esteve recentemente em consulta pública, após uma alteração legislativa ter permitido a anulação do chumbo decretado ao projecto em 2008, explica o jornal. [Fonte]

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Jornal Ocidente - Outubro

Este mês assino também o tema de capa do Jornal Ocidente, mensário que dedica seis páginas ao processo de reforma administrativa em Sintra e ao facto da maioria das freguesias rejeitar a hipótese de "extinção". [edição digital]

sábado, 29 de setembro de 2012

Jornal de Sintra - 28 de Setembro

Nova manchete no Jornal de Sintra dedicada ao processo de reforma administrativa. [mais informação]
Related Posts Plugin...