terça-feira, abril 3

Links sobre o 'golpe' #prayforportugal no Twitter

Tropecei na hashtag já depois da meia noite e a minha primeira reacção foi esta:
[00h15] Isto não será obra da Assunção Cristas? #prayforportugal

Percebi que 'o golpe' era proveniente de Espanha quando constatei que ocupávamos dois lugares cimeiros nos trending topics do país vizinho:

[00h32] #prayforportugal e #portugal em primeiro e terceiro lugares nos TT em Espanha... Agora a sério: há golpe de estado ou posso ir dormir?



Um dos aspectos mais curiosos era a divulgação de dois alegados tweets da Associated Press e do El País, bem como de um alegado 'print screen' da página deste diário espanhol. Todos falsos, como foi fácil perceber.



Apesar do sono, tentei descobrir a origem da história, mas a caixa de pesquisa do Twitter não me permitia recuar até aos primeiros tweets. Recorri a alguns motores de pesquisa, cruzei dados e lá consegui esta lista de suspeitos:

[01h51] Suspeitos:
https://twitter.com/#!/MikelNhao/status/186943932691791872 (o primeiro)
https://twitter.com/#!/hate_maker/status/186946309842927616
https://twitter.com/#!/Molatucamiseta/status/186947180337180672
https://twitter.com/#!/FacuDiazT/status/186947315246964736/photo/1 https://twitter.com/#!/roberbodegas/status/186947405764231168
#prayforportugal


E fui dormir, na certeza de que pela manhã os jornais online de referência já teriam a história digerida. Enganei-me...

[10h22] O PÚBLICO deve ter dormido mal e ainda não percebeu que os tweets da AP e do El País foram forjados http://bit.ly/HGycH5 #prayforportugal
[10h42] O PÚBLICO parece ter alinhado parcialmente com o embuste do #prayforportugal http://twitpic.com/950n0w



A emenda só chegou às 10h40, mas só a vi já depois de ter visto a versão do Expresso:
[11h14] A versão do #prayforportugal segundo o Expresso: Golpe de Estado em Portugal... no Twitter http://bit.ly/HcAME4
[11h33] O PÚBLICO já acordou e percebeu melhor o #prayforportugal http://twitpic.com/9513aa http://bit.ly/H9s90k



Entretanto pude ler as primeiras análises do fenómeno e contribuir para melhorar uma delas (a terceira):
Spanish dream up mock coup in Portugal
Bulo de golpe de estado en Portugal: reflexiones al vuelo
O "Golpe de Estado" esta noite em Portugal foi só no Twitter #prayforportugal

Mais tarde surgiu a reacção do El País: Bulo en Twitter; e o trabalho da Daniela: Twitter transmite falso golpe de estado em Portugal

Para poupar trabalho a quem quiser analisar melhor o caso, deixo uma possível cronologia dos primeiros tweets:
[23h31] @MikelNhao: Estoy boquiabierto con lo que está pasando en Portugal. La violencia nunca puede ser el camino. Espero que se retome la cordura.
[23h34] @FacuDiazT: ¿Algún link para seguir en directo lo de Portugal? Estoy muy impactado y no entiendo nada.
[23h38] @FacuDiazT: ¿Por qué los de @el_pais han borrado este tweet tan rápido? En la televisión tampoco dicen nada. Fuerza Portugal. http://pic.twitter.com/UjIMMvI7
[23h40] @hate_maker: Golpe de Estado en Portugal y vosotros tan tranquilos viendo la tele #prayforportugal
[23h44] @Molatucamiseta: Cerrado el acceso a Portugal. No nos dan más explicaciones. #PrayForPortugal
[23h44] @FacuDiazT: Alguien se está encargando de silenciar lo que está pasando. Este tweet de @AP ha desaparecido. #prayforportugal http://pic.twitter.com/PrBaoG7J
[23h45] @roberbodegas: La tele portuguesa continua emitiendo "Fillos Trospidinhos" en lugar de informar de lo que está pasando. Vergonzoso. #PrayForPortugal
[23h49] @Vigalondo: Petrificado con lo de Portugal #PrayforPortugal
[23h53] @FacuDiazT: Menos de un minuto ha durado la notícia en la web de @el_pais. #CENSURA #PrayForPortugal http://pic.twitter.com/6RGEWzFF

1 comentário:

Anónimo disse...

O Correio da Manhã também não se deu ao trabalho de investigar grande coisa:
Redes sociais ao rubro desde o dia 2 de Abril: Rumor em Espanha alertou para "guerra civil" em Portugal
http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/lazer/ciencia/tecnologia/rumor-em-espanha-alertou-para-guerra-civil-em-portugal

Related Posts Plugin...