segunda-feira, maio 10

«Sintra: Comissões de Protecção temem perder técnicos»

No DN: "As duas Comissões de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Sintra temem perder os escassos reforços técnicos existentes. "Foi aberto um concurso para estes lugares e não sabemos se vamos ter o mesmo número de pessoas e, sobretudo, se os actuais sete técnicos se mantêm", explica Helena Vitória, presidente da CPCJ Sintra Oriental, salientando que o processo abrange mais de cem técnicos a nível nacional. O alerta foi feito na apresentação dos relatórios de 2009 das CPCJ de Sintra, que juntas somam o maior número de casos sinalizados do País, 2814. A preocupação é partilhada por Teresa Villas, da CPCJ Ocidental, que abrange 11 das 20 freguesias do concelho. "Aconteceram coisas muito feias nesses concursos e teremos de tomar uma atitude, porque não se pode passar uma borracha sobre as pessoas que há quatro anos dão o seu melhor. É um mau trato às comissões." [notícia integral]

2 comentários:

Anónimo disse...

O problema esteve no início. Como foram recrutados os técnicos que já lá estão? Houve concurso?

L.Galrão disse...

Desconheço qual foi o procedimento administrativo, mas sei que desde então têm sido feitas avaliações semestrais. De qualquer forma, aguardo esclarecimentos da Segurança Social.

Related Posts Plugin...