quarta-feira, dezembro 19

«'É a única forma da REN respeitar os cidadãos'»

Na edição de hoje do Diário de Notícias: "Vou poder dormir descansado, coisa que não faço há mais de um ano." É desta forma que Paulo Lopes, porta-voz do Movimento Cívico de Sintra contra a linha de muito alta tensão, reage à decisão da Redes Energéticas Nacionais (REN), ontem divulgada, de desligar a linha Fanhões-Trajouce, depois de ter perdido o recurso do Tribunal Constitucional. Já a presidente da Junta de Monte Abraão, Fátima Campos, diz que foi a "única forma de a REN aprender a respeitar os cidadãos" e receia algum comportamento "menos correcto" da empresa." [notícia integral]

Sem comentários:

Related Posts Plugin...